terça-feira, 2 de março de 2010

Há 50 anos gravando o Evangelho no coração do povo

Abertura do Jubileu de 50 anos da Paulinas COMEP.
Dia 6 de março, às 9h, Missa no Santuário de Aparecida.
Padre Zezinho, scj, vai co-celebrar!

“Em nenhum outro país a música católica foi tão difundida no sentido popular. Nossos discos cortaram fronteiras e mares e ganharam a América Latina, Europa e até a África”. ( Irmã Maria Nogueira)

“Se mantemos a gravadora até hoje, meio século após a sua criação, é porque continuamos a acreditar na força da evangelização com a música”. (Irmã Eliane De Prá).

“A palavra que melhor define a gravadora Paulinas-Comep é a ética. O dinheiro não é colocado na frente de outros valores. Tudo é aplicado na missão e em obras sociais” .(Pe. Zezinho, scj)

Um comentário:

Luciana Amâncio disse...

Tenho muito boas histórias e lembranças com as músicas dos discos decomep/paulinas como "trilha"... Como diria Pe. Zezinho "se Deus existe, ele é cantor!".

Paz e Bem!
Obrigada por existirem...